domingo, 1 de maio de 2016

O dia em que descobri o Kindle... Unlimited!

Boa tarde pessoas!

Olha só, quem é vivo sempre aparece. Não vou dizer que morro de saudades do blog, pq seria puro eufemismo.. então, pulemos esta parte e vamos ao que interessa:


Como toda viciada em leitura, eu sempre tenho tento manter um livro por perto, seja pra matar o vício ou acabar o tédio, não importa.

Livros são portas para a imaginação, dão margem a uma liberdade que a gente só conhece quando "engole" páginas e páginas sem preocupação..

Por isso, se eu não posso andar com o livro físico, ando com o meu LEV (o e-reader LEV - Saraiva, concorrente do e-reader KINDLE da Amazon) ou com o celular com app do KINDLE, que assim como o LEV pode ser baixado gratuitamente. Um viva para a tecnologia! 

Voltando ao Kindle Unlimited... Como funciona? Você faz uma conta, paga uma mensalidade e tem direito a até 10 livros por vez, quando termina a leitura, você devolve o livro. (a pessoa quando tende a ser simplista, às vezes é até demais, rsrs)

Vamos lá.. sempre que entro no site da Amazon e me deparo com o Kindle Unlimited, automaticamente, retomo à época da minha infância quando eu ia a locadoras de vídeo alugar um filme pro final de semana, pois é, a Amazon fez esse favor em nossas vidas e criou essa coisa linda e espetacular, para as pobres almas sem dinheiro tipo eu.

A assinatura do Kindle Unlimited custa R$ 19,90 por mês, não inclui todos os livros da Amazon infelizmente, mas tem uma seleção muito boa para saciar nossa vontade, e o melhor de tudo é que você ainda pode testar o primeiro mês "de grátis".

Ou seja, por R$ 19,00 menos que um Cheddar McMelt você pode ler inúmeros livros lindos e maravilhosos!

Espero que tenham gostado da dica, =D

Beijos-beijos e um ótimo restinho de domingo para todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário